5 Livros sobre Ciência Política

No “5 livros para um liberal” desta semana chamamos Adriano Gianturco para indicar cinco livros que todo liberal que quer entender sobre ciência política deve ler.

Adriano é mestre pela Universidade de Turim e doutor em teoria política pela Universidade de Gênova. Italiano nascido na Sicília, Gianturco trabalha como professor do departamento de Relações Internacionais do Ibmec de Belo Horizonte (MG).

Confira a lista  excepcionalmente são quatro e comece a reservar o seu tempo:

  • The state, Oppenheimer F.:

Por que ler: Todos nos nascemos depois do estado, mas o estado surgiu depois do ser humano. O estado é o modo de produção política contemporânea mais importante. Cheio de anedotas e reconstruções históricas de varias civilizações, este livro mostra a evolução cronológica do estado, começando pelos bandos de hunters and gathers, passando pelas tribos, pelos clãs, pelas etnias, pelos povos, pelo estado-nação, etc. Você entenderá como coerção, violência, guerras, golpes são as características principais desta importante instituição política desde… até hoje. Informativo. (P.S.: parece Games of Thrones, mas é melhor!)

Onde encontrar: Mises Institute

  • The Ruling Class, Mosca G.:

Por que ler: É uma grande obra sobre a política. Mosca é um dos fundadores da Escola Elitista Italiana, descreve (sem necessariamente prescrever) como a política esteja sempre na mão de uma minoria organizada, como consiga tomar posse do poder, se manter, se auto-justificar, receber obediência e tributos, mudar no tempo mas manter sempre sua essência coercitiva. Tem quem manda e quem obedece. É uma critica á sociedade de massa, aos partidos ideologicos-de massa, ao sufrágio universal, ao fetiche da democracia que fornece a fachada perfeita para as velhas elites com os interesses de sempre. Realista. (P.S: O único livro em inglês que conheço desta Escola de pensamento italiana). Realista.

Onde encontrar: Amazon

  • Frederic Bastiat, Bastiat F.:
Por que ler: Bastiat é um grande intelectual que escreve de forma irreverente, irônica e profunda ao mesmo tempo. Nesta coleção de textos, se tratam os custos ocultos de todos os gastos estatais (“o que se vê e o que não se vê”); Como alguns agentes econômicos tentam usar as regulamentações estatais para prejudicar os próprios competidores, e se cobrindo de discursos falso-morais; Como os políticos conseguem se eleger distribuindo favores com dinheiro alheio e com uma boa retórica. Como o estado consegue dominar uma sociedade através de um complexo jogo de lideres e sub-lideres que obedecem ao seu superior mas que ao mesmo tempo tem um pequeno lucro em comandar seus inferiores é explicado de forma muito profunda e sofisticada. É um grande avanço respeito à visão dicotômica governante-governado.  Considero estes textos paleo-austríacos. Brilhante.
Onde encontrar: Instituto Mises Brasil
  • The Encyclopedia of Public Choice:

Por que ler: A Public Choice aplica as ferramentas da economia neoclássica à política, considerando os agentes políticos indivíduos racionais e maximizadores. Uma boa perspectiva didática para entender porque os políticos interferem na economia, como tentam manipular as eleições, a competição partidária, os financiamentos eleitorais; como tentam aumentar a arrecadação; como tentam se beneficiar pessoalmente; porque as pessoas votam mal, não se informam bem sobre política; como as relações entre grupos organizados, lobismo, burocracia tem uma ampla margem de ação e benefícios pessoais, etc.

A Public Choice é uma Escola de Pensamento muito famosa, importante e prolífica. Os livros relevantes são muitos (Buchanan, Tullock, Olson, Downs, Niskanen etc.). É difícil escolher um. E se o objetivo destas listas é dar um caminho introdutório… nada melhor que a grande Encyclopedia. Mais de 1000 paginas e de 100 longos verbetes sobre Burocracia, Protecionismo, Rentseeking, Corrupção, Lobismo, Eleições, etc. Acadêmico.

Onde encontrar: Amazon
  • The Oxford Handbook of Political Economy

Por que ler: Na ótica de entrar na Ciência Política mais mainstream, a Oxford University Press publica uma serie de manuais de altíssimo nível. Este é  um dos melhores. Os autores são os maiores cientistas contemporâneos (Weingast, Przeworski, Hardin, Frieden, Glaeser, Acemoglu, Robinson, Persson, Tabellini, Lake, Spolaore, De Mesquita, Swedberg, Arrow, Buchanan, North, etc.) cada um com um capitulo sobre a área da própria especialização, para entender como funcionam as assembleias legislativas; A interação entre elas, o governo, a burocracia e o judiciário; A relação entre sistemas eleitorais, sistema partidário e desenvolvimento econômico; O tamanho eficiente de uma nação; Os conflitos internacionais, a política econômica dos organismos internacionais e as relações com as estruturas internas dos estados. Se trata de textos mais positivistas ma mais técnicos e detalhados. É o melhor do que a ciência política contemporânea está produzindo em conexão com outras áreas afins como a Economia Política e as Relações Internacionais. Mainstream.

http://old.studentsforliberty.org/brasil/2014/10/16/5-livros-que-um-liberal-deve-ler-sobre-ciencia-politica/